Linha Teórica

 Psicanálise

O método básico da Psicanálise é a interpretação da transferência e da resistência com a análise da livre associação. 

No processo psicoterapêutico o objetivo é de identificar e remover aquilo que está recalcado e inconsciente. Pensando na promoção da qualidade de vida mental e social do paciente. Auxiliando o sujeito no processo de autoconhecimento, levando a compreender melhor a si mesmo, e assim, amadurecer emocionalmente.

Deste modo, o terapeuta dispõe da técnica da associação livre, que consiste em ouvir, sem juízo de valores, os conteúdos do material apresentado pelo paciente, de modo a possibilitar assim a sua interpretação. No modelo médico, busca-se a eliminação de sintomas, já na psicanálise, a eliminação do sintoma é consequência da modificação na estrutura psíquica que deu origem ao sintoma.

 

Quanto mais o paciente tiver consciência de seus desejos, medos e fantasias desconhecidas, mais recursos ele arrumará para lidar com as exigências da realidade. Essa tomada de consciência propicia ao paciente uma alternativa de transformação de sua vida psíquica, desde que seu sistema defensivo também seja amenizado. Por isso a importância de um ambiente acolhedor e de confiança, onde o paciente possa se sentir bem. Dando possibilidade ao processo de amadurecimento.